Últimas

    Uiraúna vence o Cruzeiro e é BI CAMPEÃO

    Foto: João Neto/Uirauna.net
    O time do Uiraúna venceu o Cruzeiro pelo placar de 1 x 0, gol de Esquerdinha, e conquistou o bi campeonato da Copa Primo Fernandes.

    A maior edição de todos os tempos da Copa Primo Fernandes, foi celebrada com uma grande festa, o público compareceu de uma forma nunca vista antes, recorde dos recordes.


    O jogo começou como se esperava, as duas equipes se estudando e se respeitando muito, até os 7 minutos, ninguém havia chegado de forma mais agressiva ao ataque.

    Aos 8, o lateral Aliff chuta fraco, para defesa do goleiro Jessé, que pega sem problemas.



    O time do Uiraúna, tinha mais a posse de bola, mas eram poucos os lances de perigo, aos 13, depois de boa trama, a bola chega até Deda, que chuta por cima.


    Aos 15, Esquerdinha rola a bola para trás, Sandrinho chega batendo pra fora.

    O jogador Esquerdinha, que ficou de fora da semifinal, demostra apetite, e começa fazendo uma grande partida, aos 20, ele domina na entrada da área, bate forte  e a bola passa assustndo o goleiro Jessé.

    Um minuto depois, Juninho Paraíba cruza a bola na área, e ela passa na frente de Arthur que não consegue alcançar.

    O time sousense vai ao ataque, e aos 22, Henrique bate forte, e a bola passa por cima da meta do goleiro André.

    O lance mais perigoso do jogo até então, acontece aos 28, quando Kleber faz grande jogada, chuta e fora da área, o goleiro André defende, Geveraldo pega o rebote, bate de primeira e o goleiro do Uiraúna faz uma defesa espetacular, evitando o que seria o primeiro do jogo.

    A equipe de Sousa, começa a melhor no jogo e passa a frequentar o campo de ataque.

    Aos 29, bo jogada de Michael, ele desperdiça chutando de longe e mandando pra fora.

    Depois das boas descidas do time do Cruzeiro, a equipe uiraunense volta a tacar, e aos 30, Juninho Paraíba cobra falta  e a bola passa longe do gol.

    Aos 34, cruzamento de Paulinho Aparecida, Geveraldo se antecipa, e toca na bola, mas vai pra fora.

    O jogo é muito equilibrado, a pesar do Uiraúna ter mais posse de bola, mas não consegue levar muito perigo contra a equipe de Sousa.

    Aos 37, o lateral Aliff, pega uma sobra de fora da área, ele bate, mas a bola vai para fora.

    Esquerdinha mais uma vez dá demostrações de que estava muito a fim de jogo, e aos 39, ele faz boa jogada individual e bate de fora da área, a bola bate no travessão e vai fora, para o delírio da torcida.

    O primeiro tempo acaba com o resultado zerado, mas pode-se dizer, que esse resultado foi meio que favorável ao Cruzeiro, pois a equipe como havíamos falado em postagem anterior, não sofria gols no primeiro tempo, desde o dia 15 de maio quando tomou contra o Lastro, ainda na primeira fase, e o Uiraúna por sua vez, a maioria dos seus gols aconteceram no primeiro tempo, e no Piozão especialmente.

    A segunda etapa já começa com um lance de muito perigo, Esquerdinha bate falta, e o goleiro Jessé faz mais uma grande defesa.

    O time do Cruzeiro também teve uma oportunidade de bola parada, aos 4, Paulinho bateu, e o goleiro André fez uma grande defesa.

    O jogo no segundo tempo é bem mais quente, aos 12,Juninho Paraíba cruza na área, Godolias sobe bem, mas cabeceia pra fora.

    Três minutos depois foi a vez de Sandrinho também chutar de longe, mas a bola passa distante do gol de Jessé.

    De bola parada, Esquerdinha tenta, mas também manda longe do gol.

    Aos 21, bola lançada na área, Arthur escora para Esquerdinha que invade a área e bate forte para fazer, 1 x 0 para o Uiraúna.

    É festa no Piozão.

    O Cruzeiro após tomar o gol, parte para cima em busca do empate, e quase consegue aos 27, Paulinho aparecida bate forte,e  André faz uma grande defesa.

    O time sousense é só pressão, e aos 29, Gago recebe de Michael e bate de longe, a bola vai para fora.

    A equipe do Cruzeiro parte para o ataque, e acaba deixando oferecendo o contra-ataque do adversário, e aos 33, quase acontece o segundo, mais uma vez Esquerdinha numa noite inspirada, aos 33, ele invade a área, tira a bola do goleiro, ela bate na trave, e na segunda, o goleio Jessé faz grande defesa, e evita o segundo.

    Esquerdinha tentou novamente aos 37, ele fez cruzamento, mas a bola foi muito forte e acabou indo pra fora.

    O time sousense coloca pressão nos momento finais, aos 40, Kleber chega chutando, mas o goleiro André segura firme.

    Já nos acréscimos, Mandson recebe sobra de fora da área e chuta de longe, a bola vai para fora.

    O time do Uiraúna deixa o tempo passar, o árbitro Renato dá 3 minutos de acréscimos, e o jogo acaba com a vitória do Uiraúna pelo placar de 1 x 0.

    Com o apito final, o time do Uiraúna sai para comemorar, e fazer uma grande festa no estádio O Piozão, alguns jogadores das duas equipes se desentendem ainda dentro de campo, mas logo a turma do deixa disso dá um jeito e tudo volta ao normal.

    Após o jogo, houve a entrega de premiação para os ganhadores, primeiramente o terceiro colocado, Barcelona recebendo medalhas, troféu e a premiação de R$ 2.000,00 (Dois mil reais) em dinheiro pelo terceiro lugar.


    Barcelona, terceiro lugar
     O artilheiro Alcimar do Estrela da Terra com 8 gols, recebeu troféu mais 500,00 (Quinhentos reais) em dinheiro.
    Alcimar, artilheiro

    O prêmio de goleiro menos vazado ficou dividido para Jessé e André, do Cruzeiro e Uiraúna respectivamente, sofrendo 6 gols cada.

    Os jogadores do Cruzeiro, receberam a premiação, medalhas, troféu e 4.000,00 (Quatro mil reais) em dinheiro.
    Cruzeiro vice campeão
    Depois foi a vez do grande campeão, Uiraúna receber toda a premiação incluindo a quantia de 8.000,00 (Oito mil reais) em dinheiro.
    Uiraúna Bi Campeão 
    Autoridades como Dr Pio X Fernandes, idealizador da competição, a sua filha e prefeita Mariana Fernandes, prefeita de Luís Gomes, e o prefeito Dr Thales André Fernandes, estiveram presentes para a entrega de premiação.

    Uma noite de muita festa na cidade da Cultura, a final de contas, era comemorado os 24 anos de emancipação política da cidade.

    A equipe do Uiraúna é a única fora o eixo Major Sales/Luís Gomes a conquistar o título dessa competição, e foi a segunda vez, a primeira, havia sido em 2009. O time paraibano ainda está atrás dois títulos do Abacaxi e quatro do Palmeiras, mas é a única 100% em finais.

    A Copa Primo Fernandes, que teve um grande número presentes no estádio, inclusive com a grande presença de muitos membros da imprensa, sobre tudo a paraibana, elegeram essa edição, como a maior de todas, e é assim que vem sendo a cada ano.

    Ficha técnica:

    Ficha técnica:

    Uiraúna 1 x 0 Cruzeiro 

    Estádio O Piozão - Major Sales

    26 de junho de 2016

    Trio: central, Renato, auxiliares: Geovane e Fabrycio.
    Trio
    Uiraúna: André, Aliff, Bitinha, Godolias, Sidney (Buiú), João Paulo, Deda, Sandrinho, Juninho Paraíba, Esquerdinha, Arthur (Serginho).
    Uiraúna
    Cruzeiro - Jessé, Pitu, Thiago, João Paulo, Henrique, Gago (Ninho), Michael, Paulinho (Mandson), Geveraldo, Kleber.


    Cruzeiro










    Mais »

    Barcelona leva a melhor nos pênaltis e fica em terceiro

    O Barcelona de Poço José de Moura ficou em terceiro lugar na Copa Primo Fernandes, vencendo o time da casa, Bom Jardim, nas penalidades, 3 x 0, depois de empatar no tempo normal em 3 x 3.

    Foi um jogo muito movimentado, e com muita emoção, o time da casa saiu na frente aos 18, com Cotinga fazendo um golaço.

    A equipe paraibana chegou ao empate, com Andinho, aos 34 minutos.

    A torcida paraibana ainda estava comemorando o gol de empate, quando David colocou o time da casa novamente na frente no placar, 2 x 1, aos 35.

    Mas dois minutos depois, pênalti para o Barcelona, Andinho cobra e faz, 2 x 2, placar do primeiro tempo.

    Na segunda etapa, as equipes voltaram para campo com menos intensidade, mesmo assim ainda aconteceram mais dois gol, aos 20, Lucas virou para o Barça, e aos 41, já nos acréscimos, Adinho empata para o Bom Jardim.

    Final de jogo, 3 x 3.

    O time do Barcelona começa batendo, Andinho fez para o Barcelona, 1 x 0.

     Adinho cobrou para o time da casa, e o goleiro Bel defendeu.


    Lelê cobra e amplia a vantagem, 2 x 0 para o Barça.


    David bate, Bel, faz mais uma defesa, 2 x 0 para o Barcelona.

    Inácio cobra para o Barcelona e aumenta a vantagem, 3 x 0

    O zagueiro Dorinho, ficou com a responsabilidade de fazer a terceira cobrança. ele chuta e o goleiro Bel, mais uma vez defende. 3 x 0, o time do Barcelona fica com a  terceira posição, e o time do Bom Jardim em quarto.

    A colocação foi muito comemorada por parte dos jogadores, comissão técnica e torcida do Barcelona, pois trata-se de uma equipe nova, e participou pela primeira vez da competição.




    Mais »

    Arbitragem para a grande final, é de casa

    Está chegando o grande dia, neste domingo, 26, acontece a grande final da Copa Primo Fernandes 2016, e para comandar essa partida, foi escalado um grande árbitro Renato Bezerra.

    Um dos mais conceituados árbitros de toda a região, Rento apita pela primeira vez a final, a pesar de ter apitado finais como a Copa Janduir Diniz, e sempre foi um desejo ser o árbitro central na competição de major Sales, ele sempre apitava o jogo de terceiro lugar, e nunca tinha apitado a final, pelo simples fato do Palmeiras ter chegado sempre a final, desde 2012, agora com a chegada de outras equipes, no caso Uiraúna x Cruzeiro, chegou a vez de Renato Bezerra em fim realizar seu desejo.

    Para a partida anterior, a disputa de terceiro lugar entre Bom Jardim x Barcelona, a arbitragem fica por conta do Senhor Adalberto, outro grande árbitro da região.

    Desejamos sorte aos amigos do apito nessa jornada de muita responsabilidade.

    Em quanto o dia não chega, o internauta pode participar votando em nossa enquete, que quer saber da sua opinião, quem será o grande campeão?


    Mais »

    Quem é o grande favorito?

    Quando a competição começou fizemos a pergunta, quem será o grande campeão? E o time do Cruzeiro venceu com uma grande vantagem, o time de Sousa somou 44% dos que votaram, o segundo colocado por exemplo somou apenas 7%, que foi o Estrela da Terra empatado com o TAMEC, o primeiro saiu nas quartas de final e o segundo não passou da primeira fase.

    O time do Uiraúna somou apenas 6% ficando em quinto lugar empatado com o 26 de Julho que foi eliminado nas oitavas de final.

    E começamos nessa última semana com essa mesma pergunta, dessa vez claro, com os finalistas, Cruzeiro x Uiraúna.

    Apesar do time do Uiraúna ser dono da melhor campanha, e superando o forte Bom Jardim, a equipe de Sousa continua na frente na enquete.

    No momento, o Cruzeiro soma 80% e o Uiraúna apenas 20%.

    Seria o Cruzeiro mesmo tão favorito?

    Claro que não, os números dentro de campo não falam isso, o Uiraúna é dono da melhor campanha, somou 19 pontos até aqui, é dono também do melhor ataque, 17 gols, e tem uma das melhores defesas, sofrendo apenas 5 gols.

    O time do Cruzeiro, é dono exatamente da segunda melhor campanha, somando 17 pontos, marcando 11 gols, mas em número de gols sofridos, o time sousense leva a melhor, sendo vazado apenas 6 vezes, e tem a melhor defesa juntamente com o Barcelona.

    São dois bons ataques, o time do Uiraúna tem média de 2,42, o Cruzeiro 1,57, ou seja, promessa de gols, pois sempre que as duas equipes entram em campo há gols.

    O time do Uiraúna é muito forte, sobre tudo na primeira etapa, nos jogos mata-mata, marcou 6 gols nos primeiros 40 minutos, do total 9 marcados, ou seja, nos últimos três jogos, a equipe de Juninho Paraíba, Esquerdinha e cia, marcou 66% dos gols no primeiro tempo.

    A força do time sousense está exatamente no oposto, a média de gols sofridos da equipe é de apenas 0.71 por jogo.

    E a equipe de Sousa também é forte na defesa, exatamente no período em que o Uiraúna é forte, os primeiros 40 minutos, a última vez que o Cruzeiro sofreu gols no primeiro tempo, foi no dia 15 de maio, quando empatou com o Lastro em 3 x 3, e foi a única vez em toda a competição que sofreu gol na primeira etapa.

    Será assim o jogo do melhor ataque contra a melhor defesa, e quem levará a melhor nesse duelo?

    Se você não votou ainda, vote agora e diga quem será o grande campeão, a sua opinião é importante.


    Mais »

    Preparativos para grande final

    Estamos na contagem regressiva para a final da Copa Primo Fernandes 2016, que será de forma inédita, pela primeira vez, nenhuma equipe de Luís Gomes ou Major Sales, farão parte da disputa, é a primeira vez também que teremos um duelo entre duas equipes paraibanas decidindo, pode ser o primeiro título do Cruzeiro, mas não do Uiraúna, pois a equipe já conquistou a competição em 2009.

    Deixando os números do passado de lado, e falando de um novo tempo que entrará para a história da competição, temos duas equipes empolgadíssimas para essa disputa.

    Dono da melhor campanha e invicto, o Uiraúna chega forte, talvez mais forte do que quando foi campeão, mas tem um adversário a altura, o Cruzeiro de Sousa, que não fica muito atrás, sendo a segunda melhor campanha até aqui, e até agora não perdeu para ninguém.

    O time de Uiraúna terminou a primeira fase com a melhor campanha, conquistando 10 pontos, depois venceu mais três jogos, somando assim 19 ao todo.

    A equipe sousense fez os mesmos 10 na primeira fase, porém o saldo foi inferior, e nas fases seguintes, o Cruzeiro venceu duas e empatou uma, chegando aos 17 pontos.

    Só que agora, essa pontuação conquistada anteriormente, é coisa do passado, não serve para mais nada, será um único jogo, que vale por todo um campeonato, é vencer ou vencer.

    As duas equipes não se enfrentaram na primeira fase, eram de grupos diferentes, o Uiraúna do B, e Cruzeiro do E, e também não tem nenhum adversário em comum, fica difícil assim de fazer comparações diretas.

    O Uiraúna teve de tudo um pouco na sua trajetória até chegar a final, enfrentou equipes como o Nadador que se classificou na última colocação da primeira fase, em bora tenha começado bem, acabou o jogo de forma preocupante, um espantoso e folgado 3 x 0 em seis minutos de bola rolando, acabou num apertado e sufocado 3 x 2.

    Na fase seguinte a pesar de ter um jogador a menos ainda nos primeiros minutos de partida contra o Popular, ignorou a desvantagem numérica e aplicou goleada de 4 x 0.

    O mai complicado dos resultados, foi na semifinal, onde superou um dos favoritos, o dono da casa Bom Jardim, 2 x 1 foi o placar, em jogo que deu mais moral ainda ao time paraibano;

    O Cruzeiro por sua vez, repetiu dois adversários no mata-mata que enfrentou na primeira fase.

    Na fase de grupos empatou com o Lastro em 3 x 3, num dos jogos mais emocionantes da primeira fase.

    Na fase seguinte, o seu adversário foi exatamente o Lastro, e dessa vez, um jogo com bem menos gol, apenas 1 x 0, que lhe deu a classificação para as quartas.

    Nas quartas, enfrentou o rival Independente, que na primeira fase havia vencido por 2 x 1, na fase mata-mata, empate em 1 x 1, e classificação nas penalidades.

    O Cruzeiro não teve vida fácil nas fases eliminatórias, e na semifinal também teve um jogo muito acirrado com o Barcelona, e passou com vitória simples.

    Essa foi apenas a primeira, de uma série de matérias que produziremos ao longo dessa semana falando sobre a grande final da 14ª edição da Copa Primo Fernandes.

    Desde já, pedimos que votem na nossa Enquete, respondendo, quem será o grande campeão.
    Mais »

    Cruzeiro vence o Barcelona em jogo muito equilibrado e vai a final

    O Cruzeiro venceu o Barcelona nessa tarde de domingo, 19, em Major Sales pelo placar de 1 x 0, gol do zagueiro Thiago, em partida válida pela semifinal da CPF.

    As duas equipes repletas de jogadores que passaram pelo futebol profissional, tanto de Sousa como de Cajazeiras.
      

    O time do Cruzeiro foi quem tomou a iniciativa e partiu para uma blitz nos primeiros minutos. Logo aos 2 de bola rolando, Maikinho faz boa jogada pela esquerda e chuta a bola na rede pelo lado de fora, assustando a torcida do Barça que apareceu em maior número no estádio O Piozão.

    A pressão da equipe sousense continuava, aos 8, Geveraldo recebe de Paulinho Aparecida, ele dribla o zagueiro e bate colocado no ângulo superior, e a bola bate no travessão, quase quase o primeiro.

    A equipe do Barcelona só consegue chegar a área adversária aos 11, após troca de passes, Alexandre recebe na área, mas a bola escapa e fica com o goleiro Jessé.

    No minuto seguinte, o time do Cruzeiro vai novamente ao ataque, a bola sobra para Thiago, que de fora da área chuta, mas a bola passa por cima do gol.

    O time de Poço José de Moura aparece novamente no ataque aos 17, Anderson chuta de longe, mas a bola passa por cima da meta do goleiro Jessé. que só acompanha a trajetória da mesma.

    O jogo não fica mais aquela superioridade do time sousense, e há muitas alternâncias nos ataques.

    Aos 18, depois da boa jogada de Paulinho, ele bate de esquerda, e o goleiro Bel faz grande defesa evitando o que seria o primeiro do Cruzeiro.

    No minuto seguinte, a resposta do Barcelona, bola lançada na área para o cabeceio de Anderson, Jessé pega sem problemas.

    As duas equipes tiram um pouco o pé do acelerador, e o jogo fica mais no toque de bola, o time do Barça, se acha em campo, e passa a ter mais a posse de bola.

    O goleiro Jessé é obrigado a trabalhar, aos 23, depois da chegada de Anderson que bate pro gol, e o camisa número 1 do Cruzeiro faz grande defesa.

    A melhor chance do jogo para o Barcelona, aconteceu aos 25, a bola chega na entrada da área até Aécio, que livre de marcação bate colocado, mas há o desvio e ela vai para fora.

    O time do Cruzeiro voltou a atacar aos 31 com Paulinho Aparecida, e aos 33, com Léo Gago, mas não obteve êxito em nenhuma das investidas.

    A equipe de Sousa chegou levando perigo ainda aos 35, na bola parada, Geveraldo bate rasteiro, o goleiro Bel pega e não dá rebote.

    Mais uma vez o time do Barcelona responde com perigo, aos 36, Alexandre faz boa jogada pela direita e chuta forte, mas a bola vai por cima do gol.

    A última tentativa do time do Cruzeiro no primeiro tempo aconteceu aos 41, quando Léo gago bateu de longe, mas a bola foi por cima.


    Com o placar zerado, o primeiro tempo é encerrado.

    O time do Cruzeiro começa o segundo tempo já fazendo mudanças, aproveitando que tem um grande elenco para tentar com isso vencer o time adversário na base da correria.

    Aos 8, boa descida de Paulinho, ele passa por três adversário es chuta por cima de esquerda.

    Quatro minutos depois, Paulinho sempre ele na bola parada, cruza na área e Bel sai para fazer mais uma defesa.

    No minuto seguinte, falta para o Cruzeiro, Paulinho chuta por cima.

    O time do Cruzeiro recebia muitas faltas no campo de ataque, e pressionava nas bola lançadas a área, e aos 18, acabou dando certo. Paulinho cruzou, o goleiro Bel sai mal, e a bola sobra para o zagueiro Thiago que só tem o trabalho de cabecear para o fundo da rede e faz, Cruzeiro 1 x 0.
    Thiago autor do gol
    Festa da pequena torcida do Cruzeiro no Piozão, e silêncio da maioria que torcia pelo Barça.

    O time de Poço José de Moura não baixou a cabeça, e partiu em busca do gol de empate, e quase consegue aos 19, Alexandre é lançado, e o goleiro Jessé, esperto, saiu e na dividida levou a melhor sobre o atacante.

    O mesmo Alexandre teve outra chance aos 23, depois do cruzamento de Maurício pela esquerda, o atacante do Barça cabeceia por cima.

    Enquanto o Barcelona corria em busca do empate, o Cruzeiro aproveitava os contraa-ataques para tentar definir o jogo.

    Aos 24, Paulinho chega batendo cruzado, e a zaga do Barça corta mais uma, no minuto seguinte, Mandson cruza, Geveraldo se antecipa mas manda por cima, perdendo grande oportunidade de ampliar.

    Aos 27, há uma cobrança de falta para o time do Cruzeiro, Paulinho rola para Kleber, o demolidor chuta, as a bola vai por cima.

    Precisando do empate, o time do Barcelona corre contra o tempo, aos 28, Paulinho cruza e Alexandre chega e toca de cabeça, mas o goleiro Jessé fica com ela.

    O tempo vai passando, e começa a bater o desespero na equipe de poço José de Moura, aos 29, a bola sobra para Inácio, fora da área, e ele isola, manda muito longe do gol.

    Ninho que entrou no segundo tempo, tentou aos 30, mas o chute não pegou bem na bola, e facilitou o trabalho do goleiro Bel, que pega sem problemas.

    O time do Barcelona continuava a atacar, mas não conseguia furar o forte bloquei do time sousense.

    Aos 38, num dos contra-ataques da equipe do Cruzeiro, Pitu fez cruzamento, mas o goleiro Bel saiu e ficou com ela.

    Aos 43, o jogador Vandeilson que tinha entrado a poucos instantes, pega Alexandre por trás, e o árbitro Adalberto dá cartão vermelho direto, isso aos 43 da segunda etapa, o tempo de acréscimo era de 4 minutos, o juiz deu mais dois.

    A equipe do Barcelona tentou, até criou, mas não conseguiu marcar o gol de empate.

    Final, Cruzeiro na final, 1 x 0 Barcelona.

    Com essa vitória, o Cruzeiro que participa pela segunda vez da competição, chega pela primeira vez vai disputar a final.

    Seu adversário será o Uiraúna, que no sábado eliminou o Bom Jardim.

    Será uma final inédita, assim como teremos pela primeira vez também uma final paraibana, e mais, é a primeira vez também que teremos uma final sem nenhuma equipe de Major Sales ou Luís Gomes.

    O Barcelona decide também no domingo, o terceiro lugar contra o Bom jardim.


    Ficha técnica:

    Cruzeiro 1 x 0 Barcelona

    Estádio O Piozão - Major Sales

    19 de junho de 2016

    Trio: central, Adalberto, auxiliares: Fernando e Paulo
    Trio
    Cruzeiro: Jessé, Pitu, Thiago, Gerlândio, Henrique (Maicon), João Marcelo, Maikinho (Victor), Léo Gago (Madson), Geveraldo (Ninho), Paulinho (Vandeilson), Kleber.
    Cruzeiro
    Barcelona: Bel, Kessinho (Marcelo), Marcelo, Emerson, Paulinho, Maurício, Yarlei (Inácio), Aécio, Francisco), Lucas, Anderson, Alexandre.


    Barcelona




    Mais »

    Uiraúna desbanca time da casa e vai para final

    Uiraúna venceu o Bom Jardim nessa tarde de sábado, 18, em Major Sales pelo placar de 2 x 1, com gols de Deda e Alex, Rodrigo descontou para o time da casa, valendo vaga na grande final.

    Foi um jogo e tanto, digno de final, duas grandes equipes, e como não poderia ser diferente, grande rivalidade.

    As polêmicas começaram, antes da bola rolar, os uniformes parecidos, a pesar de serem cores diferentes, o Uiraúna com camisas brancas e detalhes azuis, o Bom Jardim com detalhes verdes, os shorts da equipe paraibana eram brancos com detalhes azuis, do time de Major Sales, eram azuis, as meias os dois times calçavam azul, o time da casa então trocou por meias verdes.

    O árbitro da partida começou o jogo mesmo assim, e não demorou muito para as reclamações acontecerem de um lado e do outro, porque os uniformes eram realmente parecidos.

    A primeira decida ao ataque é da equipe da casa, aos 2, Adinho lança bola na área, e o goleiro André pega sem problemas.

    No minuto seguinte, David faz boa jogada individual e chuta por cima.

    Mas a equipe paraibana foi quem realmente começou melhor no jogo, com mais posse de bola, a primeira decida com perigo aconteceu aos 5, quando Serginho lançou para Juninho Paraíba, ele chuta e a bola vai para fora.

    A equipe de Uiraúna, apareceu com uma novidade pela lateral direita, Aliff, bom jogador que deixou inclusive Buiú no banco, e é dele a jogada aos 9 minutos, pela direita chuta por cima do gol de Flávio.

    O time paraibano continuava a pressionar, sempre chegando cm perigo, mas a defesa de Major Sales composta por Dorinho e Gavião consegue afastar, e o goleiro Flávio também faz boas defesas.

    Aos 13, Deda bate de longe, mas sem direção, a bola passa por cima.

    Aos 18, Aliff tenta mais uma vez, ele vai a linha de fundo, cruza na área, mas a bola fica nas mãos do goleiro Flávio.

    Três minutos depois, é a vez de Deda, ele chega chutando de fora da área após lançamento, mas atento o goleiro Flávio pega tranquilamente.

    A pressão da equipe paraibana era grande, a equipe de Major Sales, não conseguia sair no toque, e perdia sempre a bola ainda no seu campo de defesa, campo esse que parecia que o Uiraúna havia alugado.

    O fruto da pressão, é colhido aos 24, após bela trama de Arthur, Deda recebe passe de peito do centroavante e bate no canto esquerdo do goleiro Flávio, gol, 1 x 0 para o Uiraúna.
    Deda abre o marcador
    Depois do gol, o time de Major Sales partiu pra cima, tentando o gol de empate, e aos 27, após boa jogada, Rodrigo chega chutando, e a bola vai por cima do goleiro André.

    O melhor lance para o Bom Jardim até então, foi aos 29, quando David chuta de fora da área, e André faz grande defesa.

    O time de Major Sales, depois desses dois ataques, não consegue dar continuidade a pressão, e o adversário volta a jogar melhor.

    Aos 30, o lateral Aliff faz mais uma boa jogada pela direita, lança para Arthur que perde a chance de ampliar o placar.

    Quatro minutos depois, de novo Aliff, dribla o adversário e chuta com perigo, a bola passa perto.

    Faltando três minutos para terminar a primeira etapa, lance de bola parada para o Bom Jardim, o torcedor se anima, pois Adinho é quem parte para cobrança, só que ele mandou muito alto, longe do gol de André.

    No último minuto do tempo regulamentar, de novo Aliff, o trabalhoso lateral direito faz cruzamento, mas a bola vai em busca do gol, e obriga Flávio a tocar na bola e mandar pra escanteio.

    Um minuto depois, já nos acréscimos,Aliff lança mais uma, dessa vez na cabeça de Serginho, ele manda para a defesa de Flávio.

    O primeiro tempo acaba com a vitória parcial do time paraibano, 1 x 0, assim como aconteceu nas outras partidas do mata-mata, o Uiraúna sempre vencendo na primeira etapa.

    Pelo lado do Bom Jardim, foi o pior primeiro tempo da equipe no Piozão.

    O segundo tempo começa com a equipe da casa mudando de uniforme e também  com uma outra postura, e não poderia ser diferente, vai pra cima, e dessa vez acertando mais passes, já que no primeiro tempo não conseguiu acertar nada.

    O time do Bom jardim faz uma mudança, tira o lateral Cotinga, e coloca Jonatan que vai pra zaga.

    Logo no primeiro minuto, David lança a bola na área, Dorinho chega na segunda trave, vai de carrinho mas vai pra fora.

    Aos três, bate rebate na área, a bola sobra para Kininin que chuta para fora.

    O time paraibano responde aos 4, Arthur faz cruzamento e Juninho Paraíba cabeceia pra fora.

    O time do Uiraúna continua insistindo pela direita, com Aliff, o garoto faz boa jogada aos 05 do segundo tempo, ele cruza, mas a defesa potiguar corta antes da chegada de Arthur.

    O time de Major Sales, vai novamente ao ataque logo no minuto seguinte, Adinho recebe, mas chuta na rede pelo lado de fora.

    Aos 8, lance de muito perigo, David lança na área, o goleiro André sai do gol e divide com Adinho, evitando o gol de empate.

    O time do Bom Jardim, empurrado pela torcida, dava sinais de reação, mas o time do Uiraúna estava muito bem postado no campo de defesa, aos 11, Romário faz jogada individual pela direita, cruza na área, mas a bola vai direto nas mãos de do goleiro André.

    Aos 15, Arthur dá lugar a Alex, o camisa 11, ainda no primeiro tempo havia nos falado que se entrasse no jogo faria gol.

    Um minuto depois da sua entrada, ele recebe a bola de Juninho, e manda no canto esquerdo do goleiro Flávio, aumentando a contagem, 2 x 0 para o Uiraúna.
    Alex, comemora o segundo do Uiraúna
    A festa é toda paraibana, a torcida do Bom Jardim fica apreensiva, e começa a perder as esperanças.

    Se a diferença de um gol já estava complicado para tirar, imagine de dois, e já na segunda etapa, mas a equipe da casa não baixou a cabeça, e partiu com todas as suas forças.

    Aos 18, David bate forte, eo goleiro André pega mais uma.

    Três minutos depois, Rodrigo recebe livre de marcação na área e chuta forte para diminuir, Uiraúna 2 x 1 Bom Jardim.
    Rodrigo, autor do gol do Bom Jardim
    Mesmo ainda na desvantagem, a torcida comemora e passa a acreditar no empate.

    O time da casa tem uma partida totalmente diferente da primeira etapa, e pare para o tudo ou nada,

    Aos 28, mais um lance de perigo, falta para o Bom Jardim, dessa vez, Adinho bate, mas foi fraca, direto nas mãos do goleiro André.

     Adinho recebe e faz o giro, mas o chute pega mal e a bola passa longe do gol de André, isso aos 33.

    O time da casa tentava de todo jeito, David bateu mais uma de longe, aos 35, a bola ficou fácil para a defesa do goleiro André.

    Aos 38, oportunidade para o Uiraúna, Juninho tenta, mas manda longe do gol.

    Aos 40, o árbitro marca falta, Alex pega a bola, o árbitro pede para ele soltar, e ele joga a bola pra fora do campo, o árbitro aplica o segundo cartão amarelo, sendo assim expulso de campo.

    Nesse momento, ele parte para cima do juiz Migum, e está armada a confusão, parte todos os jogadores pra cima, uns colocam mais lenha na fogueira, outros tentam apaziguar, seguranças entram em campo, alguns se desentendem com jogadores, foi uma grande confusão.

    O árbitro Mignum havia dado 7 minutos de acréscimo, mas após a confusão, ele deu mais quatro, o banco do Uiraúna vai a loucura.

    Depois de toda a confusão, a equipe de Major Sales vai ao ataque, aos 44, Kairo pega uma sobra e manda a bola por cima do gol.

    O jogo era muito quente, a pressão dentro de campo pelo time da casa, além de está perdendo, contava com um jogador a mais, e virou ataque contra a defesa.

    Fora de campo, era guerra de nervos, as comissões técnicas e os reservas dos dois times, estavam todos em pé nos respectivos bancos.

    David, era o jogador que mais tentava pelo Bom Jardim, aos 47, ele chutou forte de longe e o goleiro André pega mais uma.


    Um minuto depois, veio o lance que causou alvoroço no Piozão, David chuta de fora da área, a bola bate no travessão e vai pra fora.

    A torcida major salense vai a loucura e não acredita no que ver.

    E nada mais de importante aconteceu, o árbitro apita aos 50, fim de jogo, vitória do Uiraúna pelo placar de 2 x 1.

    A equipe paraibana agora espera pelo vencedor de Cruzeiro x Barcelona, que se enfrentam nesse domingo, no mesmo horário em Major Sales.

    Nessa partida, o time vencedor de hoje contará com a volta de Esquerdinha que cumpriu suspensão no jogo contra o Bom Jardim, mas não poderá contar com o artilheiro da equipe Alex, que hoje recebeu o cartão vermelho.

    Essa será a segunda final do time do Uiraúna na CPF, a primeira foi em 2009, e conquistou o título, dessa vez pode conquistar o bi, de qualquer forma, pela segunda vez em 14 edições, o campeão será um paraibano.

    Ficha técnica:

    Uiraúna 2 x 1 Bom Jardim

    Estádio O Piozão - Major Sales

    18 de junho de 2016

    Trio: central, Mignum, auxiliares: Lázaro e Francisco

    Trio 
     Bom Jardim: Flávio,  Romário (Elivelon), 3- Dorin, Gavião, Cotinga (Jonatan),  Kininin (Juninho), Baiá , David Adinho,  Rodrigo, Kairo.
    Bom Jardim
    Uiraúna: André, Aliff, Bitinha, Godolias, Sidney (Buiú), João Paulo, Sandrinho (Ageu), Deda, Serginho, Juninho Paraíba, Arthur (Alex).


    Uiuraúna


    A rádio Major Sales FM, deu mais um show de cobertura:





    Mais »

    Semifinais, quem passa?

    Começa nesse sábado as semifinais da CPF, dois grandes jogos que decidem que serão os finalistas dessa edição, a de número 14, quais as duas equipes que levarão a melhor, serão jogos acirrados, é possível ter goleada, vai para os pênaltis?

    Perguntas difíceis de respostas, mas o torcedor que comparecer ao estádio pode ter certeza de acompanhar um espetáculo nesse final de semana.

    Sábado, 18 de junho, as 15:45 h - Uiraúna x Bom Jardim.

    O jogo já chama a atenção quando vemos o mando de campo, pois bem, mesmo jogando em casa, o mando de campo pelo regulamento é do Uiraúna, pois a equipe paraibana é dona da melhor campanha, por isso tem esse direito. Claro que isso não chega a ser uma vantagem, mas as equipes do topo da tabela sempre são os mandantes.

    O Bom Jardim também foi topo da tabela, mas no seu grupo, no geral ficou em quarto lugar.

    A rivalidade entre Major Sales e Uiraúna, é uma das maiores dentro da Copa Primo Fernandes, nos dias atuais, tão intensa quanto Major Sales e Luís Gomes.

    O Bom Jardim não tem muito costume de duelar contra a equipe paraibana, mas na verdade grande parte do seu elenco, é o mesmo que fez parte do Palmeiras em anos anteriores, aí a disputa é acirrada.

    Na verdade os representantes das duas cidades se enfrentaram em uma única final da CPF, foi em 2009, e o time paraibano conquistou o título em pleno Piozão.

    De lá pra cá, o só perdeu mais para o Uiraúna, e foi no ano de 2014.mas a derrota que deu o título ao time paraibano, é engasgada até hoje, na garganta do torcedor major salense.

    Depois da vitória do Uiraúna sobre o Palmeiras na final de 2009, as duas equipes voltaram a se encontrar em 2010, nas quartas de final, empate em 2 x 2 e o time de Major Sales levou a melhor nos pênaltis, em 2011, caíram no mesmo grupo na primeira fase, na estreia em pleno Maurilhão, o time potiguar venceu por 3 x 2.

    No ano de 2012, o confronto não aconteceu, as equipes voltariam a se enfrentar em 2014, foram três jogos naquela oportunidade, as equipes caíram na mesma chave e duelaram duas vezes só na primeira fase, o primeiro jogo em Uiraúna, o time da casa venceu por 2 x 0, na partida de volta, o Palmeiras venceu por 3 x 1, e mais tarde se enfrentariam nas quartas de final, vitória mais uma vez da equipe potiguar por 2 x 0.

    Claro que o jogo não será entre Palmeiras x Uiraúna, desta vez, o representante da casa é o Bom Jardim, mas que segue com praticamente o mesmo elenco, o goleiro Flávio, Dorinho, Gavião, Baiá, Kininin, David, Adinho, e outros que mantém o bom entrosamento do futebol de Major Sales.

    O time do Uiraúna que é também uma seleção, com vários jogadores com passagem no profissional, não contará uma das suas principais estrelas, o meia Esquerdinha, expulso no jogo de sábado passado, o atleta fica de fora do duelo.

    Domingo, 19 de junho, as 15:45 h - Cruzeiro x Barcelona

    No domingo, o jogo será entre dois paraibanos, nunca se enfrentaram na competição, o Cruzeiro representando o futebol de Sousa, teve a segunda melhor campanha na primeira fase, e até agora vem fazendo jus ao favoritismo que lhe foi dado por muitos desde o início da competição, em bora tenha tido muitas dificuldades para superar seus rivais nas oitavas e quartas de final.

    O Barcelona, que ficou em terceiro no seu grupo, e entrou com 11º no geral, veio ganhando força na competição, e depois de ter goleado o Estrela da Terra chega com muita moral nessa fase.

    Os dois times tem em seus elencos bons jogadores, muitos deles vindo do futebol de Sousa e Cajazeiras, cidades que tem equipes profissionais e costumam revelar bons atletas.

    Um final de semana daqueles, onde teremos estádio lotado e futebol de primeira no melhor gramado da região, é imperdível, sábado e domingo, nos encontramos na cidade de Major Sales para fortes emoções da Copa Primo Fernandes.




    Mais »

    Escala de árbitros para as semifinais

    Saiu a escala de árbitros para as semifinais, onde será um jogo no sábado, e outro no domingo.

    Confira:


    JogoDataDiaHEquipeEquipeCidadeTrio
    118junsab15:45UiraúnaxBom JardimMajor SalesMignum - Patu

    219junDom15:45CruzeiroxBarcelonaMajor SalesAdalberto - José da Penha
    Mais »

    Quem será o artilheiro?

    Faltando duas partidas para cada uma das quatro equipes que restam na competição, além da briga pelo título, temos também a briga pela artilharia.

    E esse ano pode acontecer algo inusitado, o artilheiro atualmente em nenhuma dessas equipes, na verdade ele saiu no final de semana passado, Alcimar, o Walter de Dr Severiano como costuma chamar o repórter esportivo Nery Silva, da Major Sales FM.

    Pois bem, com 8 gols, Alcimar está a frente de alguns concorrentes que ainda irão atuar duas partidas, os mais próximos são: Lelê do Barcelona com 5 gols e Alex do Uiraúna com 4.

    Outros jogadores goleadores também tem duas partidas para fazer, é o caso Lucas do Barcelona, David do Bom Jardim, ambos com 3.

    Jogadores como Juninho Paraíba, que só estreou a partir da segunda fase, tem apenas dois gols, marcado no jogo das quartas de final, Arthur, que foi um dos maiores artilheiros da competição, em 2014 foi o grande goleador com 15 gols, mas dessa vez o atleta não vem marcando muito, e também só tem dois.

    Adinho, o artilheiro do ano passado com apenas 7 gols, tem a penas um.

    Para acompanhar Alcimar, esses últimos sitados teriam que fazer milagres ao marcar tantos gols, em jogos decisivos, é praticamente impossível, mas no futebol tudo pode acontecer, embora seja pouco provável.

    A maior preocupação do atacante camisa de número 20, da equipe do Estrela da Terra, fica mesmo com relação a Lelê que tem 5 gol, pois é um bom jogador, e é titular da equipe do Barcelona, já Alex que tem 4, costuma entrar nos jogos do Uiraúna somente nos minutos finais, ainda assim, é o artilheiro do time paraibano.

    Os vices artilheiros na tabela, não tem mais chances pois os mesmos não jogaram, são os casos de Curió, companheiro de Alcimar, e Petrônio do Brejo dos Santos, ambos com 6 gols, mas não jogarão mais.

    Se nos causa espanto um atleta ser artilheiro com dois jogos a menos dos demais, na Copa Janduir Diniz tivemos um caso mais incrível ainda, Gerlândio do Santa Rita, foi artilheiro com 5 gols, sendo eles marcados todos no jogo de estreia, e o vice naquela oportunidade foi Alex do Uiraúna, mas tava atuando pelo Vieirópolis com 3 gols, marcados também em uma única partida.

    Será complicado superar o nosso já veterano porém talentoso artilheiro Alcimar, em apenas dois jogos, ainda mais sendo esses semifinal e final, mas vamos aguardar o que acontece.


    Mais »

    Resumo das quartas

    Encerrados os jogos das quartas de final da Copa Primo Fernandes, foram 15 gols em quatro jogos, uma média de 3,75, bem melhor que as oitavas, onde foram marcados 19, e a média foi de 2,35.

    A diferença dessa para a outra fase foi muito grande, nas oitavas tivemos um equilíbrio muito grande, onde nenhuma equipe conseguiu vencer com mais de um gol de diferença, e ainda tivemos três empates, o que deveria ser diferente, pois as equipes que ficaram em melhores posições na tabela, enfrentaram equipes que ficaram nas piores.

    Já nas quartas, esperava justamente mais equilíbrio, o que foi o inverso, e nós tivemos 3 goleadas dos 4 jogos realizados, sendo um empate.

    Sábado - Uiraúna 4 x 0 Popular

    A partida que abriu as quartas de final, foi um show a parte da equipe do Uiraúna, com Esquerdinha, Juninho e cia. Destaque para o camisa 10, que marcou dois gols e teve participação nos outros dois.

    Esquerdinha foi expulso ainda na primeira etapa, quando o jogo estava em 2 x 0, mesmo assim, o time do Uiraúna não sentiu dentro de campo e fez mais dois e garantiu a vitória ainda na primeira etapa.

    Aliás, marcar na primeira etapa, vem sendo uma marca da equipe paraibana, por duas vezes, faz os gols no primeiro tempo e no segundo não consegue mais marcar, foi assim com o Nadador, que naquela oportunidade, o time potiguar conseguiu fazer 2, depois de estar perdendo por 3 x 0.

    No sábado passado, o Popular não conseguiu marcar nenhum e o Uiraúna avançou com certa facilidade.


    Cruzeiro (5) 1 x 1 (4) Independente
     



    Muita rivalidade entre as duas equipes de Sousa, jogadores já muito conhecidos, e a partida mais equilibrada dessa fase.

    Depois do empatem em 1 x 1, nas penalidades o Cruzeiro levou a melhor, foram cobranças muito bem executadas, apenas um jogador perdeu, Marcel, responsável pela última cobrança da equipe de Pioca.

    O Cruzeiro é uma grande equipe, mas suas vitórias vem sendo bem apertadas, e agora levou a melhor nas penalidade.

    Domingo - Estrela da Terra 1 x 4 Barcelona

    O jogo de domingo teve um resultado inesperado, a equipe do Estrela fez uma excelente primeira fase, e dona do melhor ataque, ainda contando com o artilheiro e vice, Alimar com 8 e Curió com 7.

    Mas uma coisa já havíamos chamado a atenção aqui, o time de Dr Severiano tinha um bom ataque, porém ao mesmo tempo sofria muitos gols, e isso refletiu, pois quando o ataque não funcionou, o time acabou perdendo.

    O Barcelona, time caçula na competição, mas que tem grande jogadores de experiência com passagem no profissional, sobre tudo no futebol de Cajazeiras, é sem dúvidas uma grata surpresa da competição, e trilha o mesmo caminho do Popular que no ano passado ficou na quarta colocação.

    Bom Jardim 4 x 0 Brejo dos Santos

    Mais um encontro entre as equipes dessas cidades, Major Sales e Brejo dos Santos, como já falamos outras vezes o time do RN mudou de nome, mas o elenco era praticamente o mesmo.

    Pois bem, na final do ano passado, vitória da equipe da casa pelo placar de 4 x 0, em Tenente Ananias empate em zero a zero e vitória da equipe potiguar nas penalidades, mas nesse domingo, o resultado do ano passado se repetiu.

    Foi uma partida desastrosa do time paraibano, que demostrou mais uma vez fragilidade jogando no gramado de Major Sales, já o time da casa por sua vez mostrou que é um forte candidato ao título.

    Os confrontos da próxima fase serão:

    DataDiaHoraEquipeEquipeLocal
    18-junSábado15:45UiraúnaxBom JardimM. Sales
    19-junDomingo15:45CruzeiroxBarcelonaM. Sales




    Mais »
    Traduzido por: Template para Blog